terça-feira, 13 de abril de 2010

ELETRÔNICA EMBARCADA

Eletrônica embarcada é a eletrônica desenvolvida para uma aplicação móvel, como: automóveis, aviões, navios, os trens mais modernos, os satélites, os submarinos e em outras menos comuns. A Eletrônica Embarcada também se aplica à Agricultura, podemos encontrar-la até mesmo nos tratores. A Eletrônica Embarcada representa todo e qualquer sistema eletroeletrônico montado em uma aplicação móvel.



A cada dia que passa ela se torna mais presente, pois em todas as partes do mundo boa parte dos automóveis já sai de fábrica com injeção eletrônica, painéis digitais, freio ABS, controle de aceleração, computador de bordo, alarmes, e muitos outros aparatos.
Não é regra, mas geralmente, os sistemas embarcados são baseados no compartilhamento das informações disponíveis nos diversos módulos do sistema.

Nessa eletrônica recém surgindo também há problemas, o tipo de problema que surge é : onde embarcar essa eletrônica?
Para viabilizar a utilização desses conceitos, é necessário que a parte eletrônica seja totalmente integrada no interior dos equipamentos. Senão a fiação necessária inviabilizaria sua utilização, aumentando o preço do carro e fazendo o sistema todo cair em confiabilidade.
É um novo tipo de eletrônica que a cada dia que passa vem se desenvolvendo mais e muito rápido.



SETORES DA ELETRÔNICA EMBARCADA

São poucos setores que estão envolvidos a eletrônica embarcada, porque como já tínhamos dito é um tipo de eletrônica novo no mercado.

Estão aqui as principais montadoras que fabricam para atender ao crescente mercado interno e também exportam para diversos países: GM, Volkswagen, Fiat, Ford, Renault, Peugeot, Toyota, Honda, Hyundai, etc.

A indústria brasileira fabrica veículos com motores a gasolina, motores a etanol e motores a gás. Os motores Flex – que funcionam tanto com gasolina como com etanol- foram idealizados no Brasil e hoje são exportados mundialmente.

O setor de autopeças segue os passos das montadoras. Estão presentes no mercado as mais importantes empresas globais que produzem localmente os principais componentes automotivos.

A eletrônica embarcada em automóveis está consolidada no país. Hoje dentre as partes de um automóvel que podemos garantir o uso da eletrônica temos:

- Painel – computador de bordo;

- Sistema de rádio ou CD;

- Sistema de freio;

- Sistema de injeção de combustível;

- Sistema de alarme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário